Desperte a consciência fonêmica nas crianças! 10 de julho de 2019 – Postado em: Alfabetização, Blog, educação – Tags: , , , ,

O professor deve encorajar os alunos a explorar, comparar e contrastar, fazendo perguntas durante o ensino dos fonemas e dos sons. Difícil? Não quando tem a gente!

 

Consciência Fonêmica significa saber que as palavras são formadas por unidades menores, os fonemas. Cada fonema modifica a forma como lemos ou escrevemos a palavra. Ela é o primeiro passo para o processo da alfabetização.

 

Já para adquirir o princípio alfabético, a base do nosso sistema alfabético, a criança precisa entender que as palavras representam os sons da fala, que as palavras são formadas por letras (grafemas) e que cada letra/grafema corresponde a um “fonema”, uma unidade de som. Ela não precisa aprender a definição. Ela precisa entender que “mudou a letra”, mudou o som e o sentido da palavra”, como por exemplo “tio”, “fio”.

 

Grande parte das crianças que estiveram em uma boa pré-escola já deve ter desenvolvido a consciência fonêmica e, assim, estar melhor preparada para adquirir o princípio alfabético. É importante que o professor tenha o cuidado de diferenciar com clareza o som das letras do som que elas representam.

 

A Alfa e Beto Soluções pode contribuir com o despertar da consciência fonêmica nos alunos. Conheça a linha completa de materiais para alfabetização que tem por base o método fônico e as recomendações da Ciência Cognitiva da Leitura.

 

O programa possibilita ao aluno desenvolver as habilidades de consciência fonêmica, princípio alfabético, decodificação e fluência de leitura. A proposta pedagógica da Alfa e Beto Soluções para alfabetização tem como base explorar didaticamente a diferença entre “aprender a ler” e “ler para aprender”. Os materiais possibilitam que antes, durante e depois do processo de alfabetização, a criança vivencie um ambiente rico em livros e desenvolva habilidades de compreensão de textos e de redação.

 

Acesse aqui todos os materiais de alfabetização e entre em contato com a Alfa e Beto Soluções.

« Entrevista | Eder C. Molina – Inspiração na ciência
Entrevista | Evandro Marenda – Ilustrações didáticas »