Universidade do Bebê e Programa Família que Acolhe: resultados de sucesso na Primeira Infância

Apresentação: O presente projeto de pesquisa foi executado no contexto do programa Família que Acolhe – política para Primeira Infância instituída pela Prefeita Teresa Surita em Boa Vista (RR). O Instituto Alfa e Beto e Alfa e Beto Soluções colaboram com o Família que Acolhe em várias frentes, uma delas é a Universidade do Bebê, voltada para o desenvolvimento de interação eficazes entre pais e filhos, com ênfase na leitura. Realizada em parceria com a Universidade de Nova Iorque, a pesquisa mensurou o impacto do incentivo dado à leitura realizada pelos pais integrantes do programa. Durante a pesquisa, um grupo de pais recebeu treinamento para interagir melhor com a criança durante a leitura e foram incentivados a ler duas vezes por semana em casa. Após o período de análise, as crianças cujos pais receberam o incentivo do programa para ler para seus filhos tiveram melhores marcadores comportamentais e cognitivos em comparação com crianças cujos pais não receberam o mesmo incentivo.

Intervenção: Universidade do Bebê: impacto da leitura pelos pais – Programa Família que Acolhe/Boa Vista (RR)

Metodologia: grupos randomizados com cluster

Principais resultados

Aumento de interações entre pais e filhos: frequência de leitura

pesquisaboavista1

Fonte: Instituto Alfa e Beto / Universidade de Nova Iorque, 2016

pesquisaboavista2

Fonte: Instituto Alfa e Beto / Universidade de Nova Iorque, 2016

Aumento de interações entre pais e filhos: Qualidade da leitura

pesquisaboavista3

Fonte: Instituto Alfa e Beto / Universidade de Nova Iorque, 2016

Avanços no desenvolvimento: Linguagem

pesquisaboavista4

Fonte: Instituto Alfa e Beto / Universidade de Nova Iorque, 2016

Avanços no desenvolvimento: Cognição

pesquisaboavista5

Fonte: Instituto Alfa e Beto / Universidade de Nova Iorque, 2016

Avanços no desenvolvimento: Sócio-emocional

pesquisaboavista6

Fonte: Instituto Alfa e Beto / Universidade de Nova Iorque, 2016

Resultados adicionais:
● Aumento geral de estimulação cognitiva nas casas
● Redução de punição física
● Aumento de processamento fonológico (memória fonológica)

 

 

Para saber mais, clique aqui e acesse a apresentação com a síntese da pesquisa.

Vamos Conversar?

Deixe seu E-mail ou Telefone e entramos em contato com você:

  • Opss! Por favor, preencha o(s) campo(s) "Nome", "E-mail ou Telefone" e "Eu sou".